Máquinas de Costura: o que deve saber antes de investir

São vários os fatores a ter em consideração na hora de investir em máquinas de costura. Desde as várias marcas e modelos existentes no mercado, até aos acessórios e caraterísticas especiais de cada máquina, as possibilidades são imensas. Por isso, é crucial uma análise rigorosa desses equipamentos de costura antes de comprá-los. Uma análise que garanta a escolha mais adequada às suas necessidades de produção. E que, por outro lado, traga o máximo retorno financeiro à sua empresa. Na escolha da sua máquina de costura é importante que tenha em mente como irá usá-la e quando irá utilizá-la. Se vai utilizar a máquina de costura ocasionalmente, em tecidos finos, então, uma máquina mais básica pode ser suficiente. As máquinas de costura industriais, por sua vez, são projetadas para suportar costuras em diferentes tipos de tecido, rápidas, repetitivas e em grande escala. Outro ponto essencial é a experiência da sua equipa na utilização de equipamentos de costura. Os acessórios e as caraterísticas de cada máquina podem variar muito, dependendo do tipo de trabalho e resultado final pretendido. Além disso, deve ter em consideração as funções de cada máquina de costura e quais as que fazem falta à sua linha de produção. Posto isto, antes de adquirir máquinas de costura para a sua empresa, é conveniente que: – Coloque a si próprio as 3 questões que o levem a refletir sobre o motivo da sua compra e a melhor gerir expetativas com a sua utilização. – Identifique as 4 principais caraterísticas de uma máquina de costura que fazem dela um excelente investimento para si.

3 questões que se deve colocar antes de investir numa máquina de costura

1. Qual é o meu objetivo com a máquina de costura?

Para escolher o modelo ideal é fundamental considerar a finalidade e o uso que vai dar à máquina de costura. Questões como as que se seguem são fundamentais para definir o seu objetivo de compra de uma máquina de costura: – Quer costurar tecidos mais leves ou tecidos mais grossos? – A máquina é para costurar em pequena, média ou larga escala? – É compatível com vários tipos de tecidos ou indicada para uma aplicação mais específica? As respostas a estas questões devem nortear a sua tomada de decisão.

2. Qual a relação custo/benefício deste equipamento?

O valor a investir é um dos fatores que mais pesa na hora de tomar decisões. Primeiramente, pense na sua linha de produção. Qual o seu potencial de crescimento com as novas máquinas de costura? Tenha em atenção que, uma máquina de costura mais barata pode não corresponder às exigências de produção e ficar aquém do expectável. Em contrapartida, investir numa máquina de costura cara quando não irá rentabilizá-la, vai resultar em desperdício. Assim, o ideal é que escolha uma máquina de costura que esteja não só dentro do seu orçamento, como também corresponda às suas verdadeiras necessidades de produção.

3. Qual é a durabilidade da máquina de costura?

As máquinas de costura industriais são construídas para aguentarem longas horas de trabalho e um funcionamento contínuo. Mas, como qualquer outro equipamento o seu uso recorrente e continuado leva a desgaste das suas peças. Uma máquina de costura robusta e mais resistente mantém-se operacional por mais tempo. Garante à partida maior produtividade e apresenta menores tempos não produtivos devido a avarias. Mas, isso não invalida o desgaste dos componentes nem a necessidade de manutenção preventiva. Com efeito, encontrar uma máquina de costura à medida pode ser um grande desafio! Nesse sentido, listamos, ainda, 4 pontos-chave que deverá identificar na hora de escolher a sua máquina de costura.

4 pontos-chave para escolher a máquina de costura certa

1. Velocidade

Em ambiente industrial, as máquinas de costura têm que ter a capacidade de dar resposta às elevadas exigências de produção. Tempo é dinheiro e, num mercado competitivo com prazos de entrega cada vez mais apertados, a velocidade faz toda a diferença. As máquinas de costura ultra rápidas garantem-lhe níveis de produção mais elevados. Escolha equipamentos que permitam atingir alta velocidade e, ao mesmo tempo, regular a mesma para casos específicos que requerem um trabalho mais delicado.

2. Consumo de energia

As máquinas de costura industriais são normalmente destinadas a um uso intensivo. Numa linha com dezenas de máquinas de costura em funcionamento constante, isto reflete-se em custos de energia consideráveis. Felizmente existem no mercado diversas marcas com preocupação ecológica, que fabricam máquinas de costura com baixo consumo de energia. Por outro lado, os temas relacionados com a sustentabilidade estão cada vez mais presentes nas estratégias empresariais. Ao longo das cadeias de valor e no relacionamento com os diversos parceiros a sustentabilidade está na ordem do dia. Mais do que uma “onda ambiental”, a aposta em equipamentos mais sustentáveis diferencia a sua empresa: redução dos custos energéticos, e contribuição positiva para o meio ambiente e para a sociedade.

“Não há indústria do futuro sem ser sustentável”

ISABEL FURTADO, CEO do Grupo TMG

FonteT – Jornal

3. Caraterísticas específicas/vantagens

Há uma frase que diz que a excelência está nos detalhes, e as máquinas de costura não são exceção. Na escolha de uma máquina de costura é essencial considerar os “extras”. Aquelas características premium que fazem toda a diferença na qualidade final da costura, na eficiência do operador e na produtividade. Eis algumas características dos equipamentos de costura a ter em conta: – A máquina de costura é versátil, permitindo trabalhar com vários tipos de tecidos e linhas? – Exige pouca manutenção? – Apresenta painel digital touchscreen onde é possível selecionar o ponto e desenho que se deseja costurar? – Apresenta várias opções de pontos e programas à escolha? – O motor é de qualidade e com a potência requerida para as diversas funções? – Possui controlo de tensão de linha automático? – Possui corte de linha automático? – É fácil de limpar e proceder à sua manutenção? – É fácil de transportar? – Tem um funcionamento silencioso ou ruidoso?

4. Manutenção

O uso ininterrupto dos equipamentos de costura, leva naturalmente ao desgaste de algumas das suas peças. Obviamente, que a prevenção do desgaste das peças depende muito da qualidade dos acessórios que a máquina de costura utiliza, em particular as agulhas. Porém, uma manutenção preventiva não deverá nunca ser ignorada. De facto, a facilidade de manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos assume um papel ativo na eficiência e rentabilidade das empresas. Para garantir máxima performance, e um ótimo funcionamento e desempenho do seu parque de máquinas, a manutenção é fundamental. E só parceiros como a EAC, com elevada grau de experiência e expertise, garantem-lhe um serviço de manutenção eficiente, seguro e de qualidade.

Opte pelas melhores máquinas de costura do mercado

Para concluir, no momento de escolher a sua máquina de costura, certifique-se que opta pelos melhores equipamentos. Precisa de uma opinião profissional para escolher a máquina de costura certa? Conte connosco! Temos 21 anos de experiência consolidada na indústria têxtil, reconhecidos pelos nossos parceiros como a melhor opção. Invista na máquina de costura certa e impulsione o seu negócio. Se ainda não ficou totalmente convencido, aconselhamo-lo a ver os nossos vídeos de máquinas de costura em funcionamento. Paralelamente, a nossa equipa técnica está dotada dos melhores profissionais para um serviço de excelência. Somos especializados em máquinas de costura e podemos prestar-lhe uma consultoria e assistência dedicada às especificidades do seu negócio. Descubra o nosso serviço especializado de máquinas de costura.

Marketing
+351 313 589 947 / +351 253 814 911

Deixe uma resposta

×
This site is registered on wpml.org as a development site.