O equipamento nº 1 para entrada nas grandes cadeias de distribuição: controladoras de peso

O seu objetivo é ter a sua empresa alimentar nas grandes cadeias de distribuição? Então convém que tenha em mente que super e hipermercados são extremamente exigentes com o controlo de peso dos produtos alimentares. Isto leva-nos a outra questão. Como pode controlar de forma precisa o peso dos alimentos embalados? A vantagem reside na existência de controladoras de peso na linha de produção. Mais do que essenciais, esses equipamentos de pesagem são praticamente obrigatórios para poder entrar no mercado da distribuição alimentar.

Atualmente, a garantia do peso certo do produto alimentar numa embalagem é fulcral para estar nas superfícies de retalho. Não há lugar nem a excesso nem a falta de peso contratado por embalagem. Por isso, para alcançar as cadeias de grande distribuição, precisa de certificar o controlo rigoroso do peso de cada produto. Tal, passa, forçosamente, por uma controladora de peso de máxima qualidade.

Convidámo-lo a refletir sobre os benefícios da implementação de controladoras de peso na ótica das exigências da grande distribuição. Assim, ao longo do artigo, irá perceber como tais equipamentos podem catapultar o seu negócio para outro nível. Como nosso parceiro, queremos ajudá-lo não só a alcançar novos mercados como a aumentar a sua produtividade.

A crescente exigência do peso certo pelas grandes cadeias de distribuição

É ponto assente que para entrar nas grandes cadeias de distribuição há uma série de requisitos que têm de ser cumpridos. Estas imposições pautam-se sempre por máximo rigor. E o caso da pesagem dos produtos é prioritário!

Tal advém do facto dos consumidores estarem cada vez mais atentos e exigentes relativamente aos produtos que compram e consomem. Podemos mesmo afirmar que são implacáveis com qualquer tipo de disparidade. Reclamando rapidamente sobre uma eventual diferença entre o peso apresentado na embalagem e a realidade do produto nela contido. Por outro lado, as grandes superfícies primam por um cuidado com os produtos apresentados ao cliente, pois a qualidade dos mesmos é garantia de fidelização de um consumidor.

Na verdade, produtos com peso a menos do exibido geram insatisfação por parte do consumidor final. E podem, mesmo, dar origem a coimas às grandes cadeias de distribuição. Já produtos com excesso de peso levam a desperdícios alimentares desnecessários ou a uma perceção errónea da quantidade de produto na embalagem. Que podem, mais uma vez, traduzir-se em reclamações por parte dos consumidores finais. Ambas as situações são insustentáveis para as grandes cadeias de retalho. Daí que estas sejam absolutamente intolerantes e inflexíveis no caso da dosagem dos produtos.

Por outro lado, excesso de peso de produto nas embalagens pode gerar perdas elevadas para as marcas. Em termos de linha de produção isso pode afetar a produtividade, traduzindo-se em perdas de rentabilidade avultadas para a sua empresa.

Portanto, as discrepâncias de peso nos produtos embalados devem ser totalmente evitadas. Logo, a precisão no controlo do peso torna-se extremamente relevante! E como garantir o controlo de peso de cada embalagem ao grama? Através da implementação de controladoras de peso na linha de produção.

Controladoras de peso: a solução ideal para garantir o controlo da quantidade de produto embalado

Se numa primeira vista o controlo rigoroso da quantidade de produto embalado parece demasiado minucioso e inalcançável. O facto é que, a precisão pode ser facilmente garantida através de controladoras de peso. Estas devem ser de alta qualidade e estarem devidamente adequadas aos produtos da sua linha de produção. Só desta forma consegue cumprir com os requisitos de peso definidos pelas grandes cadeias de distribuição.

Por que é que as controladoras de peso são mesmo aquilo que precisa na sua linha de produção?

Com efeito, as controladoras de peso são a melhor aposta para conseguir atingir as grandes superfícies de distribuição. São os únicos equipamentos que vão permitir-lhe cumprir com os requisitos desses players. E só estas máquinas são capazes de ajudá-lo a obedecer às obrigações de dosagem de peso devidamente certificado.

De um modo geral, as controladoras de peso:
– Garantem-lhe uma contabilização real e precisa de cada grama nas suas embalagens.
– São o melhor aliado para a entrada nas cadeias de Super e Hipermercados.
– Garantem a máxima qualidade e rigor na pesagem, reprocessamento e etiquetagem.
– Adaptam-se a qualquer necessidade da sua linha ou especificidade do seu produto.
– Permitem a recuperação do seu investimento em menos de nada.

Todavia, para usufruir destes benefícios, precisa de assegurar-se que opta pelas melhores controladoras de peso. Com provas dadas da sua qualidade, tecnologicamente mais avançadas e que prometam máxima eficácia e rigor. Além disso, na escolha e implementação das controladoras de peso deve contemplar a adaptação perfeita às características da sua produção.

Uma vez munido com a melhor controladora de peso estará, por um lado, um passo à frente dos seus concorrentes. Por outro, encontrar-se-á em pé de igualdade com outras empresas do setor que já controlam de forma rigorosa os seus produtos. Estará, finalmente, apto para entrar nas grandes cadeias de distribuição e aí defender o seu lugar!

Aconselhamento personalizado e dedicado às especificidades do seu negócio

Para concluir, no momento de escolher a sua controladora de peso, certifique-se que opta pelos melhores equipamentos. Eleja os equipamentos de controlo de peso que asseveram maior qualidade, fiabilidade, precisão e eficácia. Com bónus de facilidade de utilização e extras como sistemas de recolha de dados, relatórios de análise e otimização.

Com uma controladora de peso à medida da sua produção, está a potenciar o seu negócio e a expandir as suas metas. Impulsione o seu negócio para o topo com as nossas controladoras de peso. Esta grande oportunidade de negócio está nas suas mãos. Invista numa controladora de peso já!
Se ainda não ficou totalmente convencido, aconselhamo-lo a ver os nossos vídeos das controladoras de peso em funcionamento.

Paralelamente, aposte na melhor equipa técnica, capaz de lhe prestar um aconselhamento personalizado e um serviço de excelência. A nossa equipa é especializada em controladoras de peso e pode prestar-lhe um aconselhamento dedicado às especificidades do seu negócio.

Fale com um dos nossos especialistas:

marketing@eactech.pt 

913 589 947 | 253 814 911

Para se manter a par de todas as novidades e tendências do mercado siga-nos nas redes sociais e subscreva a nossa newsletter.

3 coisas que precisa de saber sobre o Apoio Financeiro do PRR para a Descarbonização da Indústria

3 coisas que precisa de saber sobre o Apoio Financeiro do PRR para a Descarbonização da Indústria

A União Europeia comprometeu-se com a neutralidade carbónica até 2050. Portugal antecipou-se um ano e já apresentou às Nações Unidas o seu Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050.

São três as metas fundamentais:

  •         A redução de emissões de gases com efeito de estufa entre 45% e 55% até 2030
  •         A redução de emissões de gases com efeito de estufa entre 65% e 75% até 2040
  •         A compensação das restantes emissões através do uso do solo e florestas

Neste propósito comum e obrigatório de atingir a neutralidade carbónica, há uma medida de apoio que a si, que atua na Indústria, interessa considerar. Sobretudo se, nas suas políticas de atuação, já vem implementando medidas de redução de pegada e sustentabilidade ambiental.

O Aviso de Apoio Financeiro à Descarbonização da Indústria (Aviso 02/C11 i01/2022) abriu no âmbito do Plano de Resolução e Resiliência (PRR) e tem candidaturas a decorrer até ao dia 29 de julho de 2022.

Pode beneficiar deste apoio financeiro do PRR se exercer atividade económica nos setores das indústrias B – Extrativas ou C – Transformadoras; bem se for uma entidade gestora de zonas industriais.

São três as tipologias de intervenção para o seu projeto de investimento:

Intervenção ao nível dos pocessos e tecnologias de baixo carbono na indústria

Inclui-se aqui tudo que tem que ver com revisão de processos produtivos, matérias primas e fichas técnicas de produto. Pela via da substituição ou da modificação. Com o objetivo de gerar processos, produtos e modelos de negócio assentes numa filosofia de descarbonização e digitalização. Eis algumas medidas que pode considerar nesta categoria:

  •         Incorporação de combustíveis derivados de resíduos como biomassa e biogás;
  •         Digitalização dos processos para garantir a rastreabilidade dos produtos e potenciar a economia circular;
  •         Introdução de matérias-primas renováveis e com baixa pegada de carbono;
  •         Recurso a simbioses industriais e medidas de economia circular. 

Introdução de medidas de eficiência energética

Esta tipologia reflete as medidas diretas de redução do consumo de energia e das emissões de gases com efeito de estufa, em paralelo com a adoção de sistemas de monitorização aproveitando o potencial da digitalização e da automação. Eis algumas medidas que pode considerar nesta categoria:

  •         Otimização de motores, turbinas, sistemas de bombagem e sistemas de ventilação
  •         Aproveitamento de calor residual de indústrias próximas (em simbiose industrial);
  •         Modernização tecnológica, integração e otimização de processos.

 Aplicação de medidas de incorporação de energia de fonte renovável e armazenamento de energia

Aqui o destaque vai para as novas fontes de energia como o hidrogénio e outros gases renováveis, sobretudo naquelas situações em que as opções tecnológicas para descarbonização, nomeadamente através da eletrificação, são mais limitadas.

São exemplos de medidas que pode considerar nesta categoria:

  • Instalação de sistemas de produção de energia elétrica a partir de fonte de energia renovável para autoconsumo;
  • Adaptação de equipamentos para uso de combustíveis renováveis (incluindo os provenientes de resíduos e gases renováveis como o hidrogénio);
  • Sistemas de armazenamento de energia.

São, finalmente, cinco os critérios de elegibilidade a que deve prestar especial atenção:

  1. O seu projeto de investimento tem que estar inserido numa das tipologias e em, pelo menos, um dos cinco domínios de intervenção previstos;
  2. Poderá apresentar apenas uma candidatura por estabelecimento industrial, com exceção da tipologia “Processos e tecnologias”, onde poderá apresentar duas candidaturas para um mesmo estabelecimento;
  3. É obrigatória a realização de uma avaliação externa independente que indique o valor de emissões inicial e fundamente a redução média de emissões diretas e indiretas de GEE (gases com efeitos de estufa). A mesma avaliação deverá ser repetida aquando da conclusão do projeto;
  4. O projeto deverá contribuir para uma redução média de, pelo menos, 30% das emissões diretas e indiretas de GEE nas instalações industriais apoiadas, para os projetos que se enquadram na tipologia “Eficiência energética”;
  5.     Deverá ser capaz de demonstrar a sustentabilidade económica da operação após realização do investimento.

Pode enviar a sua candidatura até ao dia 29 de julho de 2022. Pode ler tudo sobre este Aviso aqui.

Sabia que na EACTECH podemos ajudá-lo nesta missão de descarbonização e acelerar a sua candidatura a este apoio financeiro?

No âmbito da nossa missão de progressiva resposta aos desafios da digitalização e automação, temos desenvolvido soluções disruptivas para a grande indústria que achamos que vai gostar de conhecer.

De máquinas de costura industriais 100% digitais que promovem uma redução de até 71% de energia, a lavadoras industriais que reduzem até 5% o consumo de água.

Tudo isto desenvolvido de uma forma totalmente customizada à sua realidade e ao seu problema concreto. Com uma equipa de especialistas que está, todos os dias, no terreno e conhece profundamente os maiores desafios da Indústria.

Contacte-nos hoje e saiba como podemos ajudá-lo.

marketing@eactech.pt

913 589 947 / 253 814 911

 

 

 

Será Portugal um paraíso assim tão seguro?

Os estudos apontam para que sim. A opinião pública geral também. 

Mas a verdade é que houve uma quebra acentuada da confiança nos últimos meses. A questão agora é: a que ponto chega esta eventual sensação de insegurança?

Será Portugal um paraíso assim tão seguro? Os estudos apontam para que sim. A opinião pública geral também. Mas a verdade é que houve uma quebra acentuada da confiança nos últimos meses. A questão agora é: a que ponto chega esta eventual sensação de insegurança?

Em 2020, Portugal era o país mais seguro da União Europeia e o terceiro país mais seguro a nível mundial. Em 2021, perdeu este lugar caindo da terceira para a quarta posição, ultrapassado pela Dinamarca. O relatório é do Institute for Economics & Peace e dá o primeiro lugar da tabela à Islândia.

Isto merece a nossa atenção. Não podemos esquecer-nos de que a segurança é fator decisivo para:

  • captar investimento
  • atrair turistas
  • reforçar a imagem e credibilidade do país

Já em 2022, o site “International Living” destacou Portugal em quarta posição no ranking dos melhores países para se viver durante a reforma. Eis o que o estudo destacou: as praias portuguesas, o serviço de saúde, o baixo custo de vida e a segurança. Sim, a segurança.

Por isso sim, é verdade que Portugal continua a ser um dos paraísos mais bem guardados e seguros do mundo. Mas isso não é motivo para adormecer à sombra. Mas antes para agir já. E sobretudo a três níveis.

Um novo fôlego ao Turismo
Depois de dois anos muito penosos, está na hora de re-impulsionar uma das atividades que mais contribuem para o PIB do país: o turismo.

  • retomar atividades que vinham crescendo e dando uma identidade muito própria ao país como o turismo de natureza, turismo de negócios, e turismo de saúde;
  • reforçar atividades que tiram melhor partido dos nossos recursos naturais, como as experiências de rio e mar, a gastronomia e os percursos de charme;
  • apostar na formação e informação das nossas pessoas para que possamos VIR a ser os mais qualificados em customer care e personalização de experiência.

 
Mas esta consciência traz-nos uma responsabilidade acrescida. E isso significa não esquecer que no ranking das decisões de escolha de milhões de turistas em todo o mundo em 2022 estará uma única palavra: Segurança.
 
Uma nova dinâmica na gestão de eventos
 
De negócios. Ou de lazer. Congressos científicos. Eventos desportivos. Ou concertos de música. A categoria de evento não é tão importante quanto percebermos que são e vão continuar a ser uma das principais fontes de dinamização turística do território.
 
Agora a questão é: estão os operadores nacionais preparados para lidar com as novas exigências dos consumidores numa era pós-pandemia e em matéria de segurança? Há uma nova forma de psicologia comportamental.
 
87% afirmam-se disponíveis para participar quando exista uma abordagem de rastreio e deteção sem toque.
 
O estudo é da Harris Poll, a entidade responsável pelos principais estudos à opinião pública feitos nos Estados Unidos em período COVID, revela que os participantes em eventos estão tão preocupados com o vírus quanto com a sua integridade física.
 
Museus, Galerias de Arte, Salas de Espetáculos, Venues, Recintos de Festivais, Recintos Desportivos, podem e devem adotar uma nova estratégia de Segurança.
 
Reforço do capital de confiança das empresas
As empresas, como a sua, são um dos maiores ativos do país. E a captação de investimento estrangeiro mantém-se como uma das grandes medidas de dinamização económica para 2022.  
 
Em 2021, o investimento direto estrangeiro bateu recordes. Foi 229% superior ao último máximo histórico, registado em 2019, São dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).
 
Neste contexto, o investimento em arquiteturas internas de segurança nas empresas torna-se um imperativo ainda maior. A segurança, a par com a avaliação de risco financeira, é um dos fatores chave numa análise de viabilidade de investimento.
 
Prioridade máxima à segurança 
São cinco as maiores vantagens de uma aposta estratégica em segurança:

  • reforço dos índices de confiança
  • incremento da notoriedade e reputação
  • maior competitividade
  • proteção de dados e controlo de danos
  • adaptação dinâmica à mudança

 
São objetivos de que partilha para o seu negócio em 2022? Então há algumas propostas concretas que temos para fazer-lhe. Envie-nos hoje um email e descubra quais são!
Sílvia Silvério
Account Manager – Security Screening
silvia@eactech.pt
914 095 215 / 253 814 911

Pórticos de Segurança Walk-Through: tudo o que deve saber antes de investir

Aumentar a segurança do seu negócio está na sua agenda para 2022? Então registe na sua lista de prioridades: investir num pórtico de segurança WTMD.

Onde estamos habituados a ver e a ter contacto com pórticos de segurança WTMD (walk-through metal detector)? Nos aeroportos. Porquê? Porque são espaços onde a mínima falha de proteção pode colocar em causa a integridade física de milhares de pessoas, incluindo colaboradores.
 
Outros espaços onde, em 2022, considerando que Segurança continuará a ser uma prioridade, faz sentido passarmos a considerar a existência de um pórtico de segurança WTMD:

  • recintos de eventos
  • equipamentos culturais como teatros, cinemas, galerias
  • edifícios empresariais
  • tribunais, prisões, embaixadas
  • escolas

 
E então se ficou a pensar que até poderá fazer sentido, em 2022, investir num pórtico de segurança, mas ainda sem certezas, a leitura deste artigo é o ponto de partida.


Há vários fatores a considerar na hora de investir em pórticos de segurança WTMD. Desde as marcas existentes no mercado, até às funcionalidades especiais de cada modelo, bem como as suas aplicações. A análise certa vai garantir-lhe adequar a solução às necessidades de proteção do seu negócio, espaço ou evento. E o máximo retorno financeiro pelo o investimento feito. É isso que procura, certo?
Na escolha de um pórtico de segurança WTMD é importante que comece por considerar que objetos pretende rastrear. Se pretende um equipamento para rastrear massas eletrónicas como smartphones, então terá de optar por um detetor especial que distinga este tipo de material. Por outro lado, se o pretendido é atingir o nível máximo de segurança, a ultra sensibilidade e elevada imunidade do equipamento a interferências externas passa a ser prioridade máxima.
Dois outros pontos essenciais a ter em conta são a fiabilidade e a durabilidade dos equipamentos. As regulamentações aplicadas ao setor da segurança são muito rigorosas, e incluem múltiplas inspeções aos pórticos de segurança WTMD. Os critérios, para além de exigirem desempenho operacional de excelência, ausência de falhas e robustez do material, obrigam a que os equipamentos cumpram com as normas de segurança internacionais como a NIJ0601.02 e controlo de qualidade ISO 9001.
Posto isto, o que deve procurar é um pórtico de segurança WTMD fiável, que realize uma triagem de segurança rápida e eficaz adequada às suas necessidades sem prejudicar a experiência do visitante.

Há 5 questões que deve colocar-se na hora de escolher um pórtico de segurança WTMD:

  1. Qual o meu objetivo com o pórtico de segurança WTMD?

Questões como as que se seguem são fundamentais para responder a esta questão:

  • O pórtico é para ser instalado em locais de alta ou média segurança?
  • Que tipo de ameaças quero rastrear?
  • Qual o tamanho e composição dos itens que compõem as eventuais ameaças?
  • Qual o número estimado de pessoas que vão passar diariamente pelo ponto de verificação?

As respostas a estas questões vão determinar o nível de sensibilidade desejável para o detetor de metais. E consequentemente, qual o modelo ideal que responde às suas necessidades, uma vez que o que distingue os modelos de pórticos de segurança WTMD é o nível de sensibilidade na deteção de metais.

  1. Qual o tipo de ambiente onde vai ser instalado o pórtico de segurança WTMD?

Para evitar falsos alarmes, é essencial definir atempadamente onde será feita a instalação do pórtico de segurança WTMD. O tipo de ambiente que rodeia o equipamento pode colocar em causa a sua performance e eficácia. Se a aplicação for no exterior, o pórtico deve ter extrema imunidade a interferências externas e elevada capacidade de discriminação de objetos pessoais.

  1. O pórtico de segurança WTMD será utilizado em vários checkpoints?

Precisa de um pórtico de segurança para utilizar em eventos realizados no exterior, com várias zonas de controlo e inspeção? O equipamento destina-se para a prestação de serviços pontuais? Se respondeu afirmativamente a estas perguntas, então saiba que existem pórticos de segurança WTMD transportáveis com instalação simples e imediata. Além disso, o material de construção destes equipamentos e o seu sistema elétrico são resistentes a vários tipos de clima.

  1. Devo optar por um equipamento com uma ou várias zonas de deteção?

É indicado optar por um pórtico de segurança WTMD com múltiplas zonas de deteção. Os vários sensores luminosos ao longo do eixo vertical do pórtico, permitem, após o disparo do alarme, identificar imediatamente em que parte do corpo do indivíduo se encontra a ameaça. Esta funcionalidade não só torna o trabalho da equipa de segurança mais célere e eficiente, como também evita a formação de grandes filas de espera.

  1. Em tempos de pandemia, é possível ter um pórtico de segurança WTMD que também realize o controlo da temperatura corporal?

A resposta é sim. É importante que tenha em mente que a disseminação das infeções por COVID-19 continuam a existir sem previsões de acabarem. E isso exige maior e continuado rigor nas medidas de prevenção levadas a cabo pela sua organização. A maioria dos pórticos de segurança WTMD podem ser integrados com um sistema exclusivo de medição de temperatura.

Os melhores parceiros ao nosso lado
A EACTECH® juntou-se à CEIA, líder mundial em sensores e detetores de metais, para revolucionar o seu negócio. Segurança contra violações de propriedade intelectual; ameaças à integridade física dos seus colaboradores e clientes; e controlo em período de pandemia.

Opte pelos melhores equipamentos de segurança do mercado
No momento de escolher o seu pórtico de segurança WTMD, certifique-se de que opta pelos melhores equipamentos. Precisa de uma opinião profissional para escolher o pórtico de segurança WTMD certo? Conte connosco! Há mais de 20 anos que transformamos o ecossistema industrial português, reconhecidos pelos nossos parceiros como a melhor opção. Não corra atrás do prejuízo e avance agora até o próximo nível de proteção. Descubra o nosso serviço especializado em segurança e espionagem industrial.

Entre em contacto connosco:

Sílvia Silvério
Account Manager – Security Screening
silvia@eactech.pt
914 095 215 / 253 814 911

7 motivos para investir numa linha de embalamento automática

Esqueça o embalamento manual. O que está a dar é automatizar a produção e isto inclui a sua linha de embalamento. Num ano especialmente ambicioso como o de 2022, esta pode ser a decisão carta para diferenciar-se da concorrência. E, além disso, poupar recursos.

Damos-lhe pelo menos sete razões para automatizar de imediato a sua linha de embalamento.

  1. Acelerar a produção e poupar recursos são duas dessas razões.

Pastelarias, panificações, mas também chocolatarias, produtoras agrícolas, indústrias de congelados, lacticínios e vitivinícolas são os negócios que mais beneficiam com as linhas de embalamento automático. Verticais ou horizontais, de acordo com as necessidades da produção.

  1. Rapidez de embalamento

Uma linha de embalamento automática permite a multiplicação imediata da sua produção. E este pode ser o segredo para a sua vantagem sobre a concorrência: produzir mais e de forma mais perfeita, poupando nos recursos. 

  1. Otimização da mão de obra

São necessários, no mínimo, três ou quatro colaboradores para embalar manualmente um produto. Uma linha de embalamento automático permite libertar esses colaboradores para funções onde a máquina não consegue substituir a inteligência humana.

  1. Poupança

É um dos maiores motivos para tomar a sua decisão já. Senão veja:

  • reduz consumíveis e minimiza o desperdício
  • reduz a necessidade de espaço e permite a total integração com outros equipamentos
  • otimiza a afetação de mão-de-obra
  • reduz o tempo efetivo de produção e acelera a entrada de produto no mercado.
  1. Uniformidade da embalagem

 Uma linha de embalamento automático acaba de vez com o desperdício de consumíveis e as embalagens desiguais. O processo é preciso e incrementa a uniformização e cumprimento de standards de mercado.

  1. Versatilidade

Sabia que pode adaptar uma embaladora automática a vários tipos de produtos alimentares e não alimentares? Tanto embala pão, legumes ou doces como máscaras cirúrgicas.

  1. Personalização

Uma linha de embalamento automático está preparada para integrar com outros sistemas de forma automática. Pode personalizar as definições de acordo com as especificidades da sua linha de produção e tipo de produto. Permite, entre outras possibilidades, a adição de extras como uma impressora de película, um sistema de codificação, um kit de atmosfera modificado ou de eurofuro.

  1. Retorno do investimento

O que no imediato parece ser mais uma despesa, a médio prazo revela ser um ótimo investimento. Ganha em produtividade. Ganha em controlo de desperdício. E ganha em introdução de revolução tecnológica.

Investir numa linha de embalamento automático vai trazer-lhe genericamente: maior rapidez go-to-market, menor necessidade de espaço, poupança em consumíveis, eficiência na gestão de mão-de-obra e modernização da sua unidade de produção.

Ficou interessado? 

Fale connosco e esclarecemos todas as dúvidas.

Marketing

marketing@eactech.pt

+351 913 589 947 / +351 253 814 911

Unidades de costura automáticas: deixar para mais tarde é contrariar o mercado. Saiba porquê.

A automação é o futuro. E isso aplica-se à sua unidade de produção têxtil. A escolha certa vai garantir-lhe maior capacidade de produção e acabamentos mais perfeitos. Saiba hoje quais as dimensões que deve considerar para tomar a decisão certa.

A indústria têxtil rendeu-se à tecnologia de ponta. A digitalização é o novo normal e a automação a palavra de ordem. Equipamentos automáticos ficam menos dependentes do erro humano e oferecem mais rapidez, mais perfeição, maior controlo e gestão de dados e informação às empresas.

Sabia que os sistemas automatizados para máquinas de costura podem aumentar a produção em quase 50%?

Hábitos de consumo cada vez mais exigentes e falta de mão-de-obra qualificada são alguns desafios da revolução digital. Além disso, a subida abrupta do preço da energia e a escassez de matérias primas acarretam custos maiores para as organizações. Os inovadores sistemas de automatização para máquinas de costura são a solução para contornar estas dificuldades e alinhar com as necessidades do mercado. Eis as 4 principais razões:

A automação reduz o consumo energético

Em três meses, o custo da eletricidade aumentou para o dobro. Se compararmos o preço da eletricidade para uma empresa do setor têxtil entre novembro de 2020 e novembro de 2021, os custos acresceram 113.000.00€. Os novos sistemas de automatização incrementam a produtividade a partir de baixos consumos de energia. Desta forma, poupa nas contas da eletricidade no final do mês e reduz a pegada da sua unidade de produção, respondendo à pressão dos consumidores.

A automação traz maior rapidez, eficiência e flexibilidade

Os sistemas automatizados para máquinas de costura permitem maiores resultados num menor espaço de tempo. Os ciclos de produção tornam-se mais rápidos e eficientes, além de potenciarem o padrão de repetibilidade. Dispositivos automáticos não se cansam e não interrompem procedimentos. Tudo isto permite uma entrada no mercado mais rápida e maior controlo de qualidade dos produtos. A automação previne a falha A inovação na indústria da automação e robotização trouxe softwares de gestão com elevada capacidade de monitorização e correção imediata de falha. O resultado é, uma vez mais, a rapidez de entrada no mercado, com qualidade padronizada e redução de desperdício.

A automação simplifica a utilização  

Com recorrência, as unidades de sistemas automáticos para máquinas de costura industriais são manuseadas para trabalhadores não especializados. O que antes demorava horas a fazer, com a introdução destes componentes passou a demorar apenas alguns minutos. Está convencido? Juntamos mais três argumentos para tomar a decisão certa e entrar em 2022 com uma visão alinhada com as grandes tendências de mercado.

Unidade Automática EACTECH para Pregar Bolso Kangaroo

Equipamento 100% automatizado, desenhado para pregar o bolso tipo kangaroo camisolas como as hoodies. Traz um desenho de processo 3 em 1. Numa só operação a máquina vinca, aplica e finaliza o bolso. Em poucos segundos o bolso fica pronto. Este processo automático pode ser feito por trabalhadores não especializados e aumenta a produção em 150%.

Unidade Automática EACTECH de Pregar Bolso Chino

Apesar de muito comum na indústria têxtil o bolso chino nem sempre é rápido de acabar. Esta unidade automática anula a necessidade de moldes na fase de pré-produção e, como tal, introduz rapidez e eficiência. O que antes demorava quase 1 minuto, passa a demorar apenas 4 segundos. Equipamento de elevada precisão que dispensa a mão-de-obra especializada.

Unidade de corte automático Tecno Freccia

Ideal para pequenas e médias produções. A sua tecnologia de ponta permite cortar os mais variados tipos de materiais como o PVC, a fibra de vidro ou a fibra de carbono. É muito fácil de manusear e o seu software intuitivo modifica de forma rápida os parâmetros de corte. O seu sistema com duas turbinas silenciosas diminui o ruído da máquina enquanto está ligada. E, finalmente, faz uso de muito pouca energia. Enquanto o consumo médio de uma unidade de corte manual é de 22 kW, a Tecno Freccia reduz o consumo para 4.9 kW. Vai fazer toda a diferença na conta da eletricidade ao final do mês.

Conclusão

A indústria têxtil está cada vez mais robotizada, digital e inteligente. A automatização de processos está a mudar os ecossistemas empresarias. Os equipamentos automáticos de costura são uma aposta inevitável em 2022. Na EACTECH apostamos todos os dias em inovação e parcerias com as maiores marcas de produção de equipamentos automáticos. Contacte-nos hoje e saiba como podemos ajudá-lo.

marketing@eactech.pt
913 589 947 / 253 814 911

As 5 dicas do CEO da EACTECH para terminar o ano em grande

As 5 dicas do CEO da EACTECH, Raúl Alves, para terminar o ano em grande e planear estrategicamente 2022.

De CEO para CEO: quando foi a última vez que parou para fazer um balanço e projetar, em grande, o novo ano? Se a sua resposta é “sempre”, então bem-vindo ao universo de Raúl Alves, líder da EACTECH.

O CEO deixa-nos 5 dicas estratégicas para olhar para o passado, cavalgar o presente e acelerar o futuro.

Dica 1: Partilhe as conquistas.
O final do ano é momento, por excelência, para tornar mais clara e partilhada a visão da empresa. Tire tempo para reunir as principais conquistas e comunicá-las. Em primeiro lugar, com os seus colaboradores. Eles são os primeiros clientes e os embaixadores máximos do seu projeto. E, logo de seguida, com todos os players que fazem a diferença para si, de clientes a parceiros, passando por fornecedores ou intermediários.

Dica 2: Eleja as melhores práticas.
Para o balanço de final do ano, traga os objetivos e projeções iniciais e compare-as com os resultados alcançados. Considere as mudanças de estratégia, os acontecimentos imprevisíveis e imponderáveis e os novos objetivos que eventualmente foram sendo traçados. Eleja as aprendizagens a integrar na nova estratégia para um ano de 2022 em grande.

Dica 3: Cuide das suas pessoas.
Não é demais lembrar que as empresas são formadas por pessoas. E mais e mais, vem sendo comprovado que os colaboradores mais felizes são os que se sentem reconhecidos e tratados com respeito e atenção. O CEO da EACTECH, Raúl Alves aposta fortemente nos benefícios extra-salariais como complemento e equilíbrio família-trabalho dos seus colaboradores.

Dica 4: Seja estratégico.
As grandes empresas, as que fazem realmente a diferença, são aquelas que assentam numa visão estratégica que aproveita o passado para cavalgar o presente a projetar o futuro. Seja estratégico na sua tomada de decisão. Este processo torna tudo mais claro, objetivo e palpável para todos no ecossistema da sua empresa.

Dica 5: Crie vontade de estar no escritório.
O escritório é a nossa segunda casa. Aposte no conforto, funcionalidade e qualidade das suas instalações. Estudos comprovam que o espaço, a iluminação e a ergonomia do mobiliário de escritório contribuem muito positivamente para o aumento de produtividade. O CEO da EACTECH deixa-lhe mais uma dica: crie espaços de convívio harmoniosos e prazerosos. Não há melhor ferramenta de team building.

De CEO para CEO, lembre que o passado é o melhor professor. O presente a nossa oportunidade. E o futuro a aguardada e merecida recompensa! 2022 promete ser um ano com múltiplos desafios. Na EACTECH estamos, neste momento, a refletir e a derivar as melhores práticas para fechar o ano em grande. Em breve, partilharemos as principais conquistas e os grandes objetivos para 2022. Se gostou do artigo e acha que pode ser útil para alguém, partilhe-o. Em rede, chegaremos com certeza mais longe!

Marketing

marketing@eactech.pt

+351 313 589 947 / +351 253 814 911

5 dicas práticas na manutenção preventiva das máquinas de costura

A manutenção preventiva das máquinas de costura assume-se fundamental na eficiência e rentabilidade de empresas têxteis como a sua. Como bem sabe, neste setor as novas necessidades ditam o ritmo de produção. E isso leva a que tenha de tornar as suas linhas de produção mais dinâmicas e competitivas. Tal acarreta um elevado grau de exigência nos ciclos de produção. O que, consequentemente, requer que as suas máquinas de costura funcionem sem falhas, para máxima produtividade! Todavia, a sua linha de produção têxtil precisa de encontrar-se verdadeiramente otimizada para fazer face aos desafios de mercado. Como? Prevenindo falhas, em vez de de remediá-las! É aqui que entra a manutenção preventiva das máquinas de costura.

A importância da manutenção preventiva das máquinas de costura

A manutenção preventiva das máquinas de costura é fundamental para a sua linha de produção funcione na perfeição! E perfeição numa linha de máquinas de costura é sinónimo de produto de qualidade e entrega no prazo. Sem defeitos. Sem imperfeições. Sem paragens imprevistas. Quebras na produção. Assim, quando realiza uma manutenção aos seus equipamentos de costura está a prepará-los, devidamente, para o aumento dos índices de produtividade. Está a ter em consideração que todas as máquinas, pelo esforço produtivo a que são constantemente sujeitas, acabam por: – sofrer desgaste – perder peças – carecer de lubrificação – requerer inspeção regular

Dicas práticas sobre como garantir a funcionalidade das suas das máquinas de costura

Se realmente almeja por uma linha de produção otimizada, cada uma das suas máquinas de costura tem de estar 100% operacional! Assumindo este princípio, compilamos 5 dicas práticas que deverá seguir na manutenção preventiva das suas máquinas de costura:

  • Substituir as agulhas com regularidade
  • Utilizar acessórios de máxima qualidade
  • Manter a máquina limpa de resíduos e poeiras
  • Proceder à lubrificação regular das máquinas de costura
  • Realizar inspeções periódicas

Dica nº 1 – Substitua as agulhas com regularidade

A manutenção preventiva das agulhas é uma boa-prática que não deve descurar. As agulhas das máquinas de costura sofrem desgaste e, com o tempo, perdem a sua eficiência. Se quer evitar agulhas partidas, pontos com pouca qualidade ou tecidos danificados, substituir agulhas é fundamental. É, igualmente, importante que escolha um fornecedor de agulhas que o oriente na melhor escolha para as suas necessidades do mercado. Como representantes oficiais da SCHMETZ e da Groz-Beckett, temos as melhores agulhas do mercado à sua disposição. Com ampla variedade de tamanhos e pontas para os requisitos específicos do setor. As nossas agulhas adequam-se a diversos campos de atuação da indústria têxtil. São constituídas por metais de alta qualidade e submetidas a rigorosos testes para um funcionamento perfeito.

Dica nº 2 – Utilize acessórios de máxima qualidade

No âmbito da manutenção preventiva, pense nas máquinas de costura como se estivesse a investir num automóvel. Imagine que decide comprar um BMW ou um Ferrari. Com toda a certeza não vai colocar-lhe os pneus mais baratos do mercado! As melhores máquinas de costura requerem acessórios à medida. Desde as agulhas aos calcadores, das laçadeiras às molas. Só os acessórios feitos com os melhores materiais são capazes de garantir excelente qualidade e máxima durabilidade. E nem precisa de perder tempo a procurar! Na nossa loja online encontra um vasto leque de acessórios à medida das suas necessidades.

Dica nº 3 – Proceda à limpeza regular das máquinas de costura

A limpeza regular das máquinas de costura é obrigatória para prolongar o seu tempo de vida útil. O acumular de resíduos, como poeiras e restos de fios e tecidos, pode prejudicar seriamente a funcionalidade das mesmas. Recomendamos que proceda a uma limpeza profunda. Peça por peça, de acordo com as instruções do fabricante. E, sobretudo, tenha em atenção as áreas das máquinas que estão em contato direto com o fio. É, normalmente, nesse ponto em que ocorre maior acumulação de resíduos.

Dica nº 4 – Proceda à lubrificação regular das máquinas de costura

A lubrificação adequada das máquinas de costura é um ponto essencial no plano de manutenção preventiva! Uma máquina de costura é um mundo de várias peças engrenadas, em movimento contínuo. Quando bem oleada, a máquina de costura mantém esta engrenagem em ótimo funcionamento, prevenindo o desgaste das peças por fricção. Sugerimos que utilize óleos da melhor qualidade, de acordo com as indicações do seu fornecedor. Dúvidas? Connosco isso fica resolvido. Encontre já as melhores soluções de lubrificantes para a sua industria têxtil.

Dica nº 5 – Realize inspeções periódicas ao seu parque de máquinas de costura

Máquinas antigas, com elevado tempo de utilização e falta de manutenção podem ser uma grande dor de cabeça. Por isso, é necessário atuar atempadamente com inspeções periódicas, e um serviço de manutenção preventiva personalizado. Acreditámos que um suporte técnico de excelência é um fator diferenciador no sucesso dos nossos parceiros. Por isso estamos dotados com uma equipa de Técnicos certificados, com a formação e experiência necessárias para fazer a revisão do seu parque de máquinas.

Connosco, na melhor manutenção preventiva das suas máquinas de costura

Coloque em ação as 5 dicas práticas da manutenção preventiva. Se não é capaz de o fazer sozinho, então conte connosco! Atue antes que os problemas aconteçam, de forma planeada e proativa. A manutenção preventiva assume um papel cada vez mais ativo na eficiência e rentabilidade das empresas. Então porquê adiá-la?! Agende-a hoje mesmo connosco. Ao optar pela nossa equipa de manutenção preventiva está a salvaguardar a correta avaliação do funcionamento e desempenho dos seus equipamentos. E, por conseguinte, a garantir a ótima performance do seu parque de máquinas de costura. Só parceiros com a experiência e grau de expertise como a EAC lhe garantem uma resposta à altura, para máxima competitividade e produtividade. Descubra o nosso serviço especializado de manutenção preventiva. Pode-nos ligar para o 253 814 911. Também nos pode enviar uma mensagem para marketing@eactech.pt. Até lá, fique a par das novidades e subscreva a nossa newsletter.  

Comprar online é o novo normal! Descubra porquê.

Comprar online é a nova atitude pós-pandemia que está a revolucionar as empresas. Descubra como retirar o máximo proveito.

Comprar online passou a ser um hábito regular também para si com o COVID-19? Sabia que só em 2020 a Europa ganhou 15 milhões de novos consumidores digitais? E em Portugal um estado da Deco Proteste mostra que 56,8% dos cidadãos com mais de 15 anos fazem compras online?

É verdade, os hábitos e formas de comprar estão a mudar como reflexo da pandemia.

Comprar online pode trazer-lhe inúmeras vantagens, sobretudo a nível empresarial.

A pandemia acelerou o processo de transição digital. Comprar online deixou de ser uma aventura imprevisível e insegura para passar a ser uma prática corrente e competitiva.

Descubra, agora, as principais vantagens para si.

Online há mais variedade.
Por questões relacionadas com espaço, armazenamento e stock, por norma, online encontramos maior variedade de produtos.
Torna-se muito mais simples, rápido e confortável analisar as opções disponíveis, comparar preços e fazer a melhor escolha.

Online a personalização aumenta.
É cada vez mais recorrente encontrarmos online a possibilidade de escolher e personalizar algumas caraterísticas do produto.
Desta forma, conseguimos mais versatilidade e correspondência com as nossas necessidades específicas.

Online poupa tempo.
Quantas vezes pensou duas vezes ou protelou a compra por falta de tempo ou para evitar deslocações, estacionamento ou esperas para ser atendido?
Comprar online permite-lhe poupar tempo, receber comodamente os seus artigos e, se preciso for, efetuar trocas sem ter que deslocar-se ou gastar energia.

Online não há horário de fecho.
Online pode comprar a qualquer hora, em qualquer lugar. A maioria dos sites permite uma compra fácil através do seu telemóvel.
Além disso, as lojas estão abertas 24 sobre 7 para maior comodidade.

Online pode comparar rapidamente preços.
E tomar a melhor decisão sobre a solução mais adequada aos seus objetivos.  

Agora que recordamos as maiores vantagens das compras online, aqui ficam algumas dicas para garantir que este novo hábito de consumo lhe traz a tranquilidade de que precisa.

Dedique atenção às caraterísticas de produto.

Uma leitura atenta das fichas de produto ajuda, a maioria das vezes, a esclarecer as principais dúvidas sobre:

  • Condições de entrega, devolução ou troca;
  • Dimensões, peso, opções de escolha de caraterísticas do produto como cor, por exemplo;
  • Produtos complementares ou combinados;
  • Serviços de apoio ao cliente.

Dedique atenção às caraterísticas de produto.

Conhecer as opiniões de outros utilizadores que já têm experiência com aquela loja online e com os produtos que lhe interessam é uma das maiores vantagens de comprar online.Sempre que possível, utilize este recurso que a maioria das lojas online proporciona.

Subscreva newsletters de lojas online fiáveis.

Subescrever newsletters de lojas online com um catálogo de produtos que encontre as suas necessidades é uma as melhores formas de manter-se a par de atualizações, novidades e campanhas de oferta.

Na EACTECH usamos a comunicação por email para mostrar aos nossos clientes a forma como podem retirar o máximo partido das nossas soluções. Além disso, apresentamos muitos casos de estudo e dicas úteis para aumentar a produtividade e rentabilidade do seu negócio.

Comprar online é o novo comportamento pós-COVID que está a revolucionar as empresas.

Comprar online é uma tendência para ficar, e reforçar-se.

Nas empresas, esta nova forma de abordar as áreas de compras e logística traz inúmeras vantagens competitivas. Poupança de tempo, otimização de custos, comodidade e celeridade são as maiores.

A loja online da EACTECH surge precisamente para facilitar-lhe a vida. Encontrar mais facilmente o que precisa, adaptar às necessidades do seu negócio, encomendar de forma rápida e alinhada com os seus processos internos e receber as suas encomendas de forma segura e confortável.

Temos os melhores parceiros tecnológicos, cumprimos escrupulosamente os protocolos de segurança e ainda criamos um manual rigoroso de gestão de privacidade dos dados do cliente.

Tudo para si, aqui.

Marketing

marketing@eactech.pt

+351 913 589 947 / +351 253 814 911

Como escolher as agulhas adequadas para as suas máquinas de costura industrial

Como escolher as agulhas adequadas para as suas máquinas de costura industrial
A tecnologia aplicada à costura industrial, incluindo as agulhas, sofreu várias transformações ao longo dos anos. Com o desenvolvimento tecnológico vieram novos processos e diferentes materiais. A inovação eletromecânica e técnica está na ordem do dia. A aposta nos melhores equipamentos de costura é decisiva para responder às exigências do consumidor. E as agulhas continuam a ter uma influência decisiva na performance operacional da máquina de costura da linha de produção.

Agulha, a rainha das máquinas de costura industrial

A escolha de agulhas adequadas ao tipo de material têxtil é fundamental para uma linha de confeção industrial a funcionar em pleno. Elemento-chave nos processos de costura, a agulha permite grande precisão na hora de executar uma costura refinada, meticulosa e perfeita. Por outro lado, uma agulha inadequada pode danificar a máquina de costura, o material e, por conseguinte, colocar em causa todo o processo produtivo. São vários os benefícios que decorrem da escolha adequada da agulha: > Redução do tempo de inatividade, o que resulta em maior produtividade > Redução nos gastos de produção > Diminuição da probabilidade de avarias na máquina de costura > Maior nível de proteção dos materiais de costura > Maior segurança contra pontos falhados > Diminuição de ocorrências de quebra das agulhas > Maior resistência ao desvio da agulha As agulhas para máquinas de costura industrial estão disponíveis em diversas formas e opções. Elas podem ser utilizadas em vários tipos de máquinas de costura, para várias aplicações, e tipos de pontos. Dos tecidos finos aos jeans, das roupas interiores ao processamento de couro, as agulhas cobrem todas as áreas da indústria têxtil. Indeciso quanto à escolha das melhores agulhas para a sua empresa têxtil? Eis alguns aspetos que deve considerar na escolha das agulhas!

Analise as exigências da linha de costura industrial

As máquinas estão cada vez mais aprimoradas e velozes. Há toda uma panóplia de materiais e linhas com diferentes qualidades. Os designs modernos são cada vez mais arrojados e as agulhas são sujeitas a um nível de desgaste que, com o tempo, coloca em risco a produtividade e a qualidade final do produto. Logo, é importante considerar o investimento em agulhas de aplicação especial. Como é o caso das agulhas revestidas da SCHMETZ e da Groz-Beckert, que garantem uma costura de maior durabilidade e muito acima da média!

Tenha em consideração o tipo de tecido utilizado

Deve ter em mente que nem todas as agulhas têm um ótimo desempenho em diferentes tipos de tecidos.  Uma agulha demasiado grossa pode danificar irremediavelmente um tecido fino. Por outro lado, uma agulha fina não garante um ponto perfeito num tecido espesso. Por isso aplica-se uma regra fundamental: a cada tecido a sua agulha. Normalmente os tecidos mais espessos, como o couro, gangas ou sarja, requerem agulhas maiores e mais grossas. Já as agulhas mais finas são normalmente utilizadas para tecidos delicados como algodão, popelina e cetim.

A ponta da agulha também é importante

A seleção da ponta da agulha influencia o resultado da costura de forma significativa. Uma das mais conhecidas na costura industrial são as pontas de deslocamento, também chamadas de pontas redondas. Devido à configuração arredondada da ponta, permitem deslocar o tecido no momento do furo, preservando o material da costura. De seguida apresentamos alguns dos exemplos de pontas mais conhecidos:
  • Ponta redonda normal R – Padrão para ponto fixo, tecido plano, material sintético e tecido revestido
  • Ponta bola FFG/SES – Para tecidos de malhas em geral, tecidos planos de algodão e material de costura sintética
  • Ponta bola média FG/SUK – Para material de costura elástica ou de malha grossa
  • Ponta de deslocamento aguda SPI – Para materiais finos
  • Ponta de deslocamento ligeiramente boleada RG – Ponta universal para bordar malhas e tecidos finos, assim como microfibra

Agulhas de aplicação especial na costura industrial
Especialmente em roupas desportivas e íntimas, as exigências de usabilidade e conforto são muito elevadas por parte do consumidor. Os materiais muito finos requerem uma agulha que garanta costura perfeita, proteção máxima do material e, ao mesmo tempo, elegância e estética no resultado final. As agulhas de aplicação especial SAN® 10 e SAN® 10 XS da Groz-Beckert são perfeitas para este tipo de aplicações. A geometria da haste e do olho da agulha é particularmente cuidadosa com os materiais mais sensíveis, garantindo a redução de falhas de pontos, quebras de linhas ou de agulhas. Para além do setor do vestuário, o setor automóvel também apresenta grandes desafios às máquinas de costura industrial. As capas para os bancos dos veículos devem ser constituídas por materiais de elevada resistência à abrasão. Isso requer a utilização de materiais espessos, cuja costura provoca frequentes deflexões e quebras nas agulhas convencionais. Para este caso específico, a agulha SERV 7 da SCHMETZ pode constituir excelente solução. Com lâmina cónica reforçada, garante a estabilidade na agulha mesmo nos materiais mais exigentes.

Opte pelas melhores agulhas do mercado para a costura industrial

Com a evolução dos processos de costura industrial, as exigências sobre as linhas de produção nunca foram tão elevadas. E a escolha da agulha adequada revela-se, cada vez mais, um fator fundamental para linhas de costura industrial a funcionarem de forma otimizada, sem descurar a qualidade do ponto. Na EACTECH vai encontrar a gama de agulhas ideais para satisfazer os processos de costura mais exigentes e sofisticados. Como representantes oficiais da SCHMETZ e da Groz-Beckert, temos as melhores agulhas do mercado à sua disposição. Com ampla variedade de tamanhos e pontas, damos resposta a diversos campos de atuação da indústria têxtil. E os melhores especialistas para o ajudar na escolha da solução certa para as suas necessidades.

 
Marketing
+351 313 589 947 / +351 253 814 911

 

×